Tags

Já faz um tempo que eu escrevi um post chamado “homens tímidos… já quis matar algum?”, e ele foi escrito no dia 19 de Abril de 2009 no outro blog que eu postava(o blog não deixará de existir, a diferença é que eu não posto mais nele, e sim nesse aqui), e a minha inspiração(que não foi uma inspiração, foi um desabafo) surgiu porque o cara que eu gostava não tinha me dado parabéns pelo meu aniversário(sim, eu sou muito retardada). E eu realmente espero que ele não leia esse post, eu lembrar o motivo pelo qual eu escrevi sobre homens tímidos já é tosco o suficiente, eu me sentiria mais idiota ainda se soubesse que ele sabe o motivo do post,¬¬!
De qualquer modo, esse post teve mais de 8 mil visualizações e 76 comentários, e eu agradeço muito a todas as pessoas que comentaram, porque é muito legal saber que você ajudou as pessoas de alguma forma.
Se você entrar no Google e digitar “Homens Tímidos”, esse meu post é o primeiro link que aparece, e isso é muito emocionante,=D! Porque eu lembro que eu procurava algumas dicas na internet na época que eu gostava desse cara(eu era MUITO retardada), e não tinha nada de útil, então eu até tenho noção de como isso pode ajudar mulheres desesperadas que não sabem mais o que fazer.
Então, nesse post, eu vou contar o que aconteceu depois do “post dos homens tímidos”, claro que eu vou contar bem por cima né(o suficiente para tirar a minha conclusão), não posso ficar me expondo tanto assim, mas vou expor o suficiente para dar esperança para todas as pessoas que passaram/passam pela mesma situação que, um dia, eu passei. E vou tentar deixá-las mais tranqüilas, porque o desfecho até que foi bonitinho:

Eu entrei nessa história em 2007, foi esse ano que eu comecei a cavar a minha cova! E de 2007 pra 2009, nada mudou muito! Quer dizer, eu mudei muito nesse meio tempo, porque se eu era retardada com 17 anos, imagina com 15?! Mas o que eu quero dizer é: nada mudou em relação a minha situação amorosa, fiquei 3 anos sem saber se era “amor correspondido”(odeio esse termo, acho TÃO brega, mas enfim) ou não.
As coisas começaram a mudar no final de 2009, que foi a época em que eu desencanei dele(homem é uma merda, né? Quando você começa a achar que tá superando, o cara surge de novo pra infernizar a sua vida, e você, idiota como é, volta a gostar dele, porque você não consegue manter a paz, você tem que fazer cagada pra sentir que a sua vida ta emocionante! #tristerealidadefeminina)! Eu tava feliz, juro! E a minha conclusão era que ele não gostava de mim, poderia até ter tido uma atração mínima, mas no final das contas, eu era uma maluca que infernizava ele(essa parte é verdade, eu realmente era uma maluca que infernizava a vida dele), que ele só não me destratava de vez, porque ele era educado.
Nesses 3 anos, todas as festas que eu fui(dessa turma de amigos) era com a intenção de fazer ele dizer alguma coisa(Eu já falei que eu era retardada,né?), ou me mandar pastar, ou falar que estava interessado. TRÊS ANOS E ELE NÃO FALOU NADA! Eu gastei R$75,00 por nada! Dá pra acreditar num absurdo desses? Por isso que homem tímido dá trabalho, TRÊS ANOS(não 3 horas, não 3 dias, não 3 semanas, não 3 meses…3 ANOS!!)
Eu iria me mudar no começo de 2010(e me mudei) , e já tinha desistido de qualquer possibilidade com ele, e então veio a última festa do ano! E era uma festa que eu não ia, resolvi ir de ultima hora porque uma amiga queria companhia. E sabe aquela festa que você vai porque não tem coisa melhor pra fazer? Nem se arruma direito? Eu só troquei a blusa e o sapato, eu não prestei nem pra fazer uma chapinha! Eu tava só o pó da rabiola!
Enfim, cheguei na festa, aquela minha amiga tava com um rolo, então ela foi lá “se enrolar” e eu fui procurar alguém conhecido, por alguns segundos pensei rapidamente “Será que ele tá aqui?”(minha memória não é boa assim não, viu? É que depois dessa festa eu me mandei um email – sou retardada -, não quis perder nenhum detalhe, achei que foi um momento bem diferente), e antes de eu completar esse pensamento, eu o vi! De primeira, eu fiquei super feliz, né? Mas eu não fui lá,não! Eu quis fingir que eu tava desencanada(eu realmente pensava que estava, mas no fundo, eu tava desencanada merda nenhuma!), enrolei um pouco, mas acabei indo lá falar com ele, afinal de contas, eu realmente não tinha opção, minha amiga tava lá se pegando com o rolo dela e não tinha ninguém bacana nessa festa!
Enfim, não tendo como fugir, lá estava eu, toda pimpona do lado dele, e eu estranhei dessa vez, porque normalmente ele era falante nas festas(ele bebia um pouco e tal, ajudava no social da pessoa), e nessa festa ele tava meio quieto, toda hora olhava pros lados, parecia que estava esperando alguém(e eu cheguei a perguntar se ele estava, e ele dizia que não). Era uma situação estranha, pois estávamos um ao lado do outro, mas em silêncio(naquela época, não era uma situação estranha, pois eu estava acostumada a passar por isso, ¬¬’), um clima meio tenso, sabe? E o tempo todo, já que eu não estava conversando com ninguém, eu fiquei me perguntando se a camisa dele era preta ou marrom(tava escuro e tal, não dava pra saber. Mas veja bem o nível da minha diversão na festa), e então eu resolvi perguntar(retardada) “Ow, que cor é essa sua camiseta? É preta ou marrom?”, daí ele respondeu “O que você acha?”…, daí eu, BURRAMAENTE respondi “Ah, deve ser preta, né? Marrom é meio brega!”, e então ele responde: “É MARROM!” e começa a rir muito da minha cara. Isso acabou quebrando o gelo, depois disso a gente começou a conversar, mas….na boa, eu queria morrer depois de dar um fora desse!!!!

MAS ENFIM:
Estávamos bem ao lado de uma caixa de som, OU SEJA, além de ter um barulhinho “piiiiiiiii” no ouvido,quando era alguma parte mais forte da música, doía o ouvido! E num certo momento, o vocalista da banda deu um agudo, e nisso ele me cutucou pra ir pra outro lugar(sem falar nada, só cutucou mesmo) e eu pensei “Nossa, que bom, né? Vamos mudar de lugar! Afinal de contas, essa caixa de som tá ferrando com a minha vida!”, e a gente foi indo pra uma parede, ele me colocou do lado dele com a mão na minha cintura(nessa parte eu ainda não tava entendendo direito), e ele começou a falar……… Sabe quando a pessoa começa a falar TUDO o que você sempre ficou imaginando antes de dormir? Eu sinceramente não consegui prestar atenção, eu ouvia a voz dele muito lá no fundo da minha cabeça, eu tava em pânico, eu tava tentando me dar conta de que aquilo era real(e isso nunca entrou na minha cabeça, até hoje eu acho que eu apenas pensei naquilo, foi uma situação perfeita, foi totalmente surreal, até mesmo pela própria iluminação do lugar, foi tudo meio nublado, escuro, com algumas luzes – não, eu não tava bêbada e não uso drogas – apenas a sensação predominando, foi muito legal!).
E foi então que ele se declarou e perguntou se eu queria ficar com ele(foi mais bonitinho que isso, perguntar se ele queria ficar comigo parece que eu tava num baile funk),e eu fiz outra cagada! Na hora que ele me perguntou, eu fiquei meio paralisada e ele disse “Se você quiser, não tem problema, eu não vou te forçar, né?”…e SABE OQ EU RESPONDI????? SABE???? Eu respondi “Tá bom, tudo bem”…………………….!!!!!! Quem vê acha que eu tava fazendo um FAVOR pra ele!!! Se você não sabe como proceder quando uma pessoa te pede pra ficar com ela, PELOAMORDEDEUS não siga os meus passos quanto a isso! Mas acho que ele entendeu bem a minha situação de nervoso(eu espero), deixando claro que é ÓBVIO que eu aceitei!

O primeiro beijo foi vergonhoso da minha parte, porque eu tava tão fora de mim, que eu não conseguia fazer nada direito! Tanto é que eu pedi pra ele ir buscar água, minha boca ficou seca de tanto nervoso que eu passei! Depois que ele voltou a coisa ficou mais interessante.

TCHÃRÃM! =D

Essa é a minha história em relação ao tímido que me inspirou a escrever um post que mais de 8 mil pessoas leram!
Hoje eu estou com outra pessoa(minha inspiração para escrever o poema “with”), e estou muito feliz! =D! E mesmo assim, eu tenho muito carinho por essa situação que eu acabei de postar, é uma das melhores lembranças que eu tenho.
Na época, eu não tinha noção de muita coisa(não que eu tenha muito agora, né? Mas enfim…), hoje eu sei que eu realmente amei esse cara,e não deixei de amar, só que o tipo de amor mudou, amo a pessoa dele, a existência dele, não me imagino como um casal com ele, o vejo como um amigo muito querido.

Então se você gosta de um cara tímido, não desista só porque é difícil! Só você sabe a história que tem com ele, e você corre o risco de nunca saber no que daria se você tivesse tentado.

Beijos a todos que tiveram paciência para ler esse post inteiro! Hahahaha! =D

Ciaooo! ^^

=> Pra quem não leu o “homens tímidos… já quis matar algum?”, aqui está o link:  http://palavrassaoerros.wordpress.com/2009/04/19/homens-timidos-ja-quis-matar-algum/ 

Anúncios